segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Tolstoi para todos…

Guerra & Paz (War And Peace / Guerre et paix)

Guerra e PazAno: 2007

Direção: Robert Dornhelm

Roteiro: Lorenzo Favella, Enrico Medioli

Duração: 480 min.

Gênero: Drama, romance, guerra.

Categoria: Mini-série (4 episódios)

Elenco: Alexander Beyer (Pierre Bezukhov); Clémence Poésy (Natasha Rostova); Dmitri Isayev (Nikolaj Rostov); Andrea Giordana (Pai – Sr. Rostov); Hannelore Elsner (Mãe – Sra. Rostova); Teresa Gallagher (Sonja); Alessio Boni (Príncipe Andrej Bolkonsky); Malcolm McDowell (Pai - Príncipe Bolkonsky); Valentina Cervi (Princesa Marja Bolkonsky); Benjamin Sadler (Dolokhov); Toni Bertorelli (Vasilii Kuragin); Violante Placido (Helene Kuragin); Ken Duken (Anatole Kuragin); Hary Prinz (Denisov); Brenda Blethyn (Márja Dmitrijewna Achrosímowa).

Encantada, fascinada, deslumbrada, apaixonada, sei lá, um desbunde só!!! E isso é apenas o início da rasgação de seda que posso fazer sobre esta maravilhosa mini-série. Sempre sou tendenciosamente preconceituosa com adaptações das grandes obras literárias – tudo bem que nada supera o livro – mas, esta é uma das mais belas e intensas histórias de Tolstoi, adaptada de uma forma venerável e inesquecível. Grandiosa, para tentar ser mais específica. Para quem nunca leu Tolstoi, com certeza, após assistir a esta mini-série vai ter a curiosidade e a vontade de abrir o livro e devorá-lo. Mas vamos aos detalhes…

A história é famosa e se passa no período de 1805 a 1820, durante a invasão de Napoleão a Rússia. Envolve três famílias, os Rostov, os Bezukhov e os Bolkonsky. Pierre Bezukhov é filho bastardo de um conde e acaba sendo reconhecido por este antes de sua morte. Tem como grande amiga e confidente a jovem Natasha Rostova. Esta por sua vez se apaixona pelo príncipe casado Andrej Bolkonsky, que também é muito amigo de Pierre. A guerra vem e muda radicalmente a vida das três famílias e dos amigos. Sofrimento, coragem, intrigas, paixões avassaladoras, e amizade. O que fica muito claro durante toda a série é a cativante amizade entre Natasha e Pierre. Aconteça o que acontecer, ambos são fiéis para com um e o outro, e apenas amigos. Não quero contar a história aqui, pois perde toda a graça para quem vai assistir, mas não me lembrava mais dos detalhes do livro e de quão bela é esta amizade.

War & Peace - Andrej BolkonskyOutra coisa que me fascinou na série foi a belíssima trilha sonora de Jan A.P. Kaczmarek, embalada por valsas e grandes clássicos eruditos.

A riqueza dos cenários e de todo o figurino, nem se fala, impecável. E o elenco... bem, isso é um caso a parte.

O mais famoso aqui nesta produção certamente é Malcolm McDowell – o eterno Laranja Mecânica – mas com um elenco quase todo formado por atores desconhecidos do grande público (muitos franceses, italianos, alemães, poloneses, russos e ingleses), o que poderia ser uma catástrofe, foi fascinante. Ao invés de ficarmos babando com um monte de gente famosa, vemos atores lindos e excelentes em seus papéis, e que nos dão a certeza da viagem no tempo. O belíssimo príncipe Andrej Bolkonsky é italiano; a encantadora e delicada Natasha é francesa (talvez vocês lembrem dela em Harry Potter no papel da Fleur Delacour); o sensível e gentil Pierre é alemão; sem falar que o ator que faz o Nikolaj Rostov é russo... E por aí vai. Nesta babel européia, aprendemos novos nomes, conhecemos novos atores do circuito europeu e temos a certeza que nem tudo que é fantástico vem de Hollywood.

Somente uma série deste nível para me dar uma boa sacudida e fazer com que eu voltasse a escrever. Foram às 8 horas mais bem gastas na frente da TV. Não cansei, não enjoei e nem quis deixar para ver o restante depois. Vi toda, completinha, de uma vez só! Foi boa parte do domingo, mas valeu cada segundinho. War & Peace 2007

Teve uma cena, em específico, que eu me apaixonei, quando Natasha dança uma valsa com o príncipe Andrej – juro, a sensação é como se você é quem estava bailando lá, uma leveza, você se sente flutuando. Encantador…

Mais que recomendo esta mini-série. Se você gosta de história, de um bom romance, de boa música e de um dos cenários mais lindos do mundo que é a Rússia czarista, vale conferir.

“O sofrimento é irrelevante se for em nome da glória” [Príncipe Andrej Bolkonsky]

Excelente

2 comentários:

  1. Onde você encontrou este seriado? Acabei de ler o livro e estou louco para assistir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho o DVD. Mas na época achei em torrent.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails